Associação Empresarial de Felgueiras

História

77 Anos de História

AEF… Lado a lado consigo!

1942

A AEF – Associação Empresarial de Felgueiras sucede em termos institucionais ao Grémio do Comércio de Felgueiras organismo de caráter corporativo, cujos estatutos são aprovados por Alvará de 26 de dezembro de 1942.

1975

Em 1975, com o desmantelamento do sistema do corporativismo, os Felgueirenses deliberaram alterar a referida denominação para “Associação Comercial”. A 20 de Agosto de 1975, uma Comissão inicia a elaboração e consequente legalização dos estatutos desta Associação, tendo os mesmos sido publicados na terceira série do Diário da República nº 228, de 28 de setembro de 1976.

1979

Em 1979 é formada uma Comissão Administrativa que dinamiza a Associação sendo eleitos os órgãos sociais em 1981, data que assinala o arranque definitivo de determinados serviços prestados aos associados que, a partir desta altura, passam a receber mais apoio, incentivos e informação.

1983

Com o intuito de tornar este organismo mais dinâmico, expandindo o seu corpo social, em 1983, procederam-se a alterações estatutárias passando a Associação a designar-se como “Comercial e Industrial”, fato que se traduziu num alargamento do número de associados. Passou a atuar assim no domínio comercial e industrial, integrando no seu seio os empresários da indústria, sobretudo da indústria do calçado, cujo peso na economia e desenvolvimento do concelho era, e ainda é, determinante.

1983

Com o intuito de tornar este organismo mais dinâmico, expandindo o seu corpo social, em 1983, procederam-se a alterações estatutárias passando a Associação a designar-se como “Comercial e Industrial”, fato que se traduziu num alargamento do número de associados. Passou a atuar assim no domínio comercial e industrial, integrando no seu seio os empresários da indústria, sobretudo da indústria do calçado, cujo peso na economia e desenvolvimento do concelho era, e ainda é, determinante.

1997

Em 1997, no sentido dum melhor acompanhamento do desenvolvimento económico encetado na economia portuguesa com vista à integração na Europa comunitária, foi instituído um Gabinete Técnico (Económico e Jurídico).

Criado no âmbito do Programa de Apoio à Modernização do Comércio (PROCOM), Projectos Especiais (Associativismo), resultado de uma candidatura apresentada para esse efeito pela AEF, conta atualmente ao seu serviço com dois técnicos licenciados a prestar apoio na área jurídica e económica, a todos os empresários do concelho, sejam ou não associados da AEF.

Neste mesmo ano e em parceria com a Câmara Municipal, realizou o estudo prévio com vista à implementação no centro urbano de Felgueiras de um Projeto de Urbanismo Comercial destinado a valorizar e requalificar o comércio e o espaço urbano envolvente.

1998

Tendo por base o sucesso do Projeto lançado no centro da cidade de Felgueiras, a AEF apresentou em 1998 conjuntamente com a Câmara Municipal mais dois Projetos de Urbanismo Comercial, respetivamente, para a cidade da Lixa e Vila de Barrosas os quais se encontram na fase de conclusão execução dos projetos individuais e dos projetos de requalificação urbana, tendo já sido também apresentados os respetivos Planos de Promoção, Animação e Publicidade.

2000

Comemoração dos 25 anos da Associação.

2017

Apresentação de uma candidatura à CCDR-N, para a certificação do Pão de Ló de Margaride.

2018

Inicio da implementação do projeto de certificação do Pão de Ló de Margaride, denominado “Pão de Lo de Margaride – Um produto regional com história!”.

2019

Lança o seu novo website!